Professor Adriel elabora abaixo-assinado cobrando instalação de passarelas na Rodovia SP 101

ProfessorAdriel 08.08.2022 02“O tempo vai passando, os acidentes vão acontecendo, e as pessoas vão perdendo as suas vidas”, lamentou Professor Adriel, cobrando passarelasO vereador Professor Adriel (PT) iniciou a coleta de assinaturas em abaixo-assinado que cobra a implantação de passarelas na Rodovia SP 101. Na sessão ordinária de segunda-feira (8), o parlamentar pediu o apoio da sociedade, visando reivindicar a instalação do dispositivo, especialmente nas localidades previstas em contrato. “Convido todos a somarmos força nesta luta, porque essa é uma luta de todos nós, de todo o povo montemorense”, afirmou.

No pronunciamento, Adriel também comentou o seu “compromisso e luta em relação à necessária instalação de passarelas”. Disse que, em reunião recente na Artesp, cobrou que o contrato de concessão com a empresa Rodovias do Tietê seja devidamente respeitado. Segundo ele, a resposta obtida “não foi das mais animadoras”. “A previsão de cumprimento do contrato está se arrastando até 2023”, reclamou, citando a demora na solução do problema.

“O tempo vai passando, os acidentes vão acontecendo, e as pessoas vão perdendo as suas vidas, e famílias inteiras vão ficando enlutadas, porque o contrato não é cumprido”, reclamou o vereador, na sessão plenária. Ele ainda lembrou que a cobrança de instalação de passarelas é antiga, tendo ocorrido inclusive em outras legislaturas da Câmara. O parlamentar pediu o apoio da sociedade (e dos vereadores), para assinar o abaixo-assinado e coletar assinaturas. 

“SER LEMBRADO”

Primeiro a discursar na sessão plenária da Câmara, Professor Adriel iniciou seu discurso proferindo frase atribuída ao professor Paulo Freire, que teria dito, numa entrevista, que “gostaria de ser lembrado como alguém que amou profundamente o mundo e as pessoas, os bichos, as árvores, as águas e a vida”. Patrono da educação brasileira, conforme a Lei Federal 12612/2012, o educador e filósofo pernambucano morreu em 1997, aos 75 anos.