Andrea Garcia registra BO e diz que postagem em rede social é “difamação e calúnia”

AndreaGarcia 16.08.2021“Não podemos deixar falar o que quiserem da gente em rede social. Falar é fácil, mas tem que provar o que se fala”, disse Andrea GarciaA vereadora Andrea Garcia (PTB) registrou um Boletim de Ocorrência (BO) na última semana contra um cidadão que publicou, nas redes sociais, relato envolvendo o seu nome e os nomes de outros agentes públicos do município. Em discurso na sessão ordinária de segunda-feira (16), a parlamentar afirmou que a postagem feita no Facebook - na qual o cidadão afirma que teria sido confundido “com um mendigo”, em episódio ocorrido na rodoviária - trata-se de uma “mentira”. “Estou muito triste com uma difamação e calúnia contra a minha pessoa, contra a pessoa do prefeito [Edivaldo Brischi - PTB] e da doutora Terezinha [de Carvalho, assessora institucional da prefeitura]”, disse a vereadora.

Segundo Andrea, a abordagem ao munícipe ocorreu a partir de uma conversa amistosa. “Conversamos, demos risada, ele contou do projeto de vida dele, que ele tem um comércio”, disse ela, no pronunciamento, ressaltando que foi até a rodoviária, após um evento, para tomar um café, naquela manhã de sexta-feira (13). “E de repente esse cidadão me difamou com calúnia, achando que eu o tratei como uma pessoa de rua. Justo eu, que jamais iria tratar ninguém, nem um cachorro, nem um animal, mal [...]. Porque eu trabalho com garantia de direitos”, frisou a parlamentar, ressaltando que o BO registrado pelo cidadão foi eletrônico. “A pessoa não teve coragem de ir até a delegacia”, disse.

A vereadora também destacou que saiu abalada da delegacia, após registro da ocorrência. “Eu estou aqui com o BO. Isso aqui vai para frente, sim. Não vai ser só chamá-lo para conversar, isso aqui vai virar processo. Porque não podemos deixar falar o que quiserem da gente em rede social. Falar é fácil, mas tem que provar o que se fala”, disse ela, ressaltando que o prefeito e a assessora institucional da prefeitura sequer passaram perto do cidadão que fez a denúncia. Ainda segundo a parlamentar, o munícipe chegou a enviar um presente para a sua casa, com bilhete e assinatura, “agradecendo”. “Eu não entendi qual foi [o ocorrido]. Eu jamais maltrataria qualquer pessoa”, reforçou.

OPOSIÇÃO

Andrea Garcia também questionou se o denunciante teria envolvimento e interesses políticos. “O Facebook está acabando com a gente. O prefeito não está conseguindo trabalhar. A oposição tem que ver que acabou a eleição, não tem política mais, deixa [a atual gestão] trabalhar”, pediu. Ela também lamentou que pessoas tenham curtido e compartilhado a postagem feita nas redes sociais, e, desta forma, tenham alimentado “um erro”. “O que ele falou de mim é mentira. Quero falar para a população que o que ele fez comigo é um crime”, disse, ressaltando que também tem ido à região da rodoviária para tentar auxiliar uma pessoa em situação de rua que precisa de internação. “Eu nunca fiz nada que prejudicasse a população e principalmente que ofendesse a garantia de direitos”, concluiu a parlamentar.