Educação em pauta: Alexandre cita reajuste para o magistério e futuras ações de segurança

AlexandrePinheiro 02.05.2022 Discurso“Vamos fazer um estudo para ver quais são as ações que serão tomadas”, disse Alexandre Pinheiro, sobre violência nas escolas O vereador Alexandre Pinheiro (PTB), presidente da Câmara, comentou nesta segunda-feira (2), na sessão ordinária da Câmara, que os funcionários do magistério municipal devem receber um aumento salarial. “Esse reajuste de 6%, que virá muito em breve, acredito, é um dinheiro que vem do Fundeb, […] já direcionado para o custeio [das ações] com a Educação e com o magistério”, afirmou, referindo-se ao Fundo Nacional da Educação Básica. 

No pronunciamento no Plenário, Alexandre disse que comentou esse assunto - e, também, a proposta de revisão no plano de cargos e salários dos servidores - durante reunião com a secretária municipal de Educação, Sandra Bruzon. O vereador também disse que, na semana passada, teve encontros com integrantes das forças de Segurança Pública (da Polícia Militar, da Guarda Civil) e com o secretário de Administração, para abordar a violência nas escolas.

Segundo ele, foi discutida uma “ação que pode ser feita nas escolas, uma vez que a violência tem se tornado entretenimento para os nossos jovens e adolescentes, principalmente nas escolas estaduais”. “Vamos fazer um estudo para ver quais são as ações que serão tomadas”, completou Alexandre, no plenário da Câmara, ressaltando que a Guarda Municipal “se prontificou” em ajudar nestas ações, dadas as deficiências da Segurança Pública do Estado. 

INDICAÇÕES

Alexandre também comentou a Indicação 165/2022, do seu gabinete, que pede realização de operação tapa-buracos na Rua São Judas Tadeu, no São Clemente. “A situação lá está muito delicada. A rua está extremamente esburacada”, disse, pleiteando que a prefeitura realize o recapeamento, com urgência. Ele também agradeceu ao Poder Executivo pelo atendimento ao pedido de reparo em rua das Chácaras Pindorama; e destacou que, conforme solicitado na Indicação 153/2022, também de sua autoria, a prefeitura iniciou a “remoção de galhos, garrafas dentre outras sujeiras na estrutura da ponte dos Tempranos”, na Estância dos Reis.