Andrea destaca liberação do FGTS a atingidos por enchentes e ampliação da patrulha rural

AndreaGarcia 07.03.2022 DiscursoA vereadora Andrea Garcia, na sessão ordinária da Câmara: parlamentar também prestou homenagens ao Dia Internacional da MulherNa sessão ordinária da última segunda-feira (7), a vereadora Andrea Garcia (PTB) comentou assunto de “utilidade pública”, relacionado à liberação do saque do FGTS para as famílias atingidas pelas enchentes do município. A parlamentar disse que vinha conversando com a prefeitura, sobre a temática, e que recebeu, naquela data, informação do secretário de Defesa Civil de que o processo foi “reconhecido pelo Governo Federal”. Com isso, serão garantidos os saques dos recursos do FGTS pelos trabalhadores que têm direito. 

A liberação do recurso foi viabilizada após a decretação de calamidade pública, em janeiro, devido às enchentes que mais uma vez atingiram Monte Mor. De acordo com a prefeitura, os moradores das áreas afetadas poderão solicitar os saques entre os dias 9 de março e  9 de maio. “Os valores de saque do FGTS serão de até R$ 6.220,00 (seis mil, duzentos e vinte reais), limitado ao saldo disponível na conta vinculada ao FGTS, tudo de forma digital, por meio do aplicativo FGTS”, complementa o Poder Executivo, em notícia divulgada.

No pronunciamento, Andrea leu trecho de comunicado, enviado pelo secretário da pasta ao seu gabinete, no qual eram informados os trâmites seguidos pela prefeitura para liberar os saques dos recursos. Os procedimentos incluíram o trabalho de identificação dos endereços atingidos pelas enchentes, assim como a emissão de laudo técnico da Defesa Civil e o cadastramento no sistema da Caixa. A vereadora ainda criticou internautas que divulgaram críticas infundadas em redes sociais, sobre o assunto, e colocou seu gabinete à disposição.

GUARDA RURAL

A parlamentar também comemorou o aumento do efetivo de guardas municipais que farão rondas rurais. Segundo ela, na administração anterior apenas quatro profissionais faziam tal serviço, que ocorria em dias alternados. E, a partir de agora, serão 24 horas de patrulhamento, todos os dias da semana. “Terá mais segurança para o pessoal que estava cobrando a gente”, afirmou, ao relatar conversa que teve com o comandante da GCM, Adriano Serra. 

MULHERES

O Dia Internacional das Mulheres também foi destacado. “A mulher tem direito na sociedade, ela pode tudo, muito mais ainda na política. Porque a gente tem o dever de fortalecer a rede das mulheres na sociedade”, disse Andrea.