Em nota oficial, Câmara repudia ato de racismo sofrido por vereadora de Campinas

imagem 09.11.2021A vereadora Paolla Miguel. Foto: Câmara de CampinasAtravés de sua Presidência, a Câmara de Monte Mor expressa seu repúdio contra as ofensas raciais sofridas pela vereadora de Campinas Paolla Miguel (PT), nesta segunda-feira (8). A parlamentar foi vítima de xingamentos, vindos da plateia, durante a sessão ordinária daquele Poder Legislativo.

Por meio desta nota oficial, a Câmara presta solidariedade à vereadora Paolla, e destaca a importância de políticas públicas de enfrentamento a esse crime, que é imprescritível e inafiançável. Acrescenta, ainda, que o gabinete da Presidência está elaborando uma Moção de Repúdio sobre o assunto. 

No entendimento do presidente Alexandre Pinheiro, tal ocorrência de racismo é inadmissível nos dias de hoje. O parlamentar também parabeniza o presidente do Legislativo campineiro, vereador Zé Carlos (PSB), pela postura adotada, que deve levar à correta apuração dos fatos. 

Na ocasião das ofensas, Zé Carlos interrompeu o discurso da vítima, para chamar a atenção do público para o crime ocorrido. Além disso, determinou que sejam analisados todos os vídeos, tanto de segurança quanto da TV legislativa, e áudios, na tentativa de identificar os responsáveis.

Monte Mor, 9 de novembro de 2021.

Alexandre Pinheiro (PTB), presidente

(*Nota atualizada às 16h24, para inclusão dos dois últimos parágrafos)