Moção lamenta a morte de Carlos Neder, médico sanitarista, ex-deputado e um dos fundadores do PT

CarlosNeder Foto AlespCarlos Neder morreu em 24 de setembro, aos 67 anos (Foto: Alesp)Por unanimidade, o Plenário da Câmara aprovou nesta quarta-feira (13) a Moção 46/2021, de pesar em virtude da morte do político Carlos Neder, médico que participou ativamente do movimento da Reforma Sanitária, que culminou com a formatação do atual Sistema Único de Saúde (SUS). A propositura é de autoria do vereador Professor Adriel (PT).

Mestre em Saúde Pública, Neder faleceu em setembro deste ano, vítima da Covid-19. Um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT), ele foi secretário de saúde de São Paulo entre 1990 e 1992, ocasião em que iniciou o processo de implantação do SUS na capital paulista. Ele também atuou como vereador, por quatro mandatos, e como deputado estadual em duas legislaturas. 

“É uma singela homenagem à memória de Carlos Neder, que foi uma figura de suma importância na construção do Partido dos Trabalhadores, no qual eu pertenço”, comentou Professor Adriel, durante discurso. O parlamentar ainda destacou que teve a “rica oportunidade” de participar de uma “live” com o médico, em julho, ocasião em que debateram questões relacionadas à anemia falciforme.

SAÚDE PÚBLICA

ProfessorAdriel 13.10.2021O vereador Professor Adriel, autor da Moção de Pesar“Ele tinha uma relação muito bonita com a questão da saúde pública”, completou o autor da homenagem, lembrando, ainda, da atuação de Neder na liderança de movimentos populares no país. “A ideia, a concepção do SUS, nasceu no Brasil dos movimentos de luta pela Reforma Sanitária. E Carlos Neder foi uma figura muito importante nesses movimentos”, ressaltou.

Para Professor Adriel, o médico sanitarista “deixa um legado muito bonito, de luta, principalmente um legado direcionado à saúde pública, não somente em São Paulo mas em todo o Brasil”. Apreciada durante a sessão ordinária da Câmara, a Moção de Pesar deve ser encaminhada aos filhos do homenageado, “extensivamente aos demais familiares e amigos”.