A pedido de moradores, Andrea entrega ao prefeito pedidos de colocação de placas com nomes de ruas

AndreaGarcia 05.07.2021 DiscursoA vereadora Andrea Garcia, durante discurso no Plenário da Câmara: Indicações foram entregues, em mãos, ao prefeitoA vereadora Andrea Garcia (PTB) comentou sua atuação na Câmara, durante discurso na sessão ordinária da última segunda-feira (5). A parlamentar mencionou as Indicações 374, 375 e 376/2021, que solicitam a instalação de placas indicativas com os nomes de ruas nos bairros Recanto dos Palmares, Jardim do Panorama e Jardim do Engenho. As proposituras visam atender a reivindicações de moradores, e foram entregues, em mãos, ao prefeito Edivaldo Brischi (PTB), na mesma data. 

No pronunciamento no Plenário, Andrea afirmou que o chefe do Poder Executivo irá fazer a devida análise orçamentária, visando atender a esses pedidos e a outras reivindicações de melhorias apresentadas. “O pessoal está reclamando de pontos, de bancos, coisas simples, mas [que] tem gastos. Acredito que [o município] tem orçamento que dá pra fazer”, salientou. Ela destacou que o bairro Chácaras Planalto também possui ruas que já possuem nomes, mas que não estão identificadas.

A atuação por melhorias e por iluminação pública na zona rural também foi destacada. Além disso, Andrea anunciou que visitaria o deputado estadual Rafa Zimbaldi (PL), na terça-feira (6), pleiteando recursos para o município. E direcionou discurso aos parlamentares da oposição, para ressaltar seu trabalho. “Eu estou trabalhando muito, igual a vocês. E eu gostaria que a população ficasse feliz, por ter vários vereadores deste porte, lutando por ela”, afirmou, deixando seu gabinete à disposição.

Em relação à necessidade de adequações na Rodovia SP 101, a vereadora disse que já encaminhou ofícios à Artesp e à concessionária Rodovias do Tietê. “Estou buscando recursos, estou ligando para a Artesp, pedindo passarela”, afirmou, citando a entrega de um CD, ao secretário de Obras, com informações sobre o assunto. Ela também mencionou a Contribuição de Iluminação Pública (CIP), muito criticada. “Eu, vereadora desta Casa, no outro governo, não aprovei CIP, sou contra”, afirmou. 

NOMEAÇÕES

No discurso, a vereadora também afirmou que a prefeitura de Monte Mor contratou sete merendeiras, 25 guardas civis municipais e um servidor administrativo - todos aprovados em concursos públicos já realizados. “Eu estou muito feliz. Porque alguns [servidores] estão se aposentando, e a gente sabe que não pode ter [novo] concurso por causa da Lei [Complementar] 173 [...] Reposições estão sendo feitas, e estou aqui para cobrar, também”, ressaltou ela, durante a sessão da Câmara.