“Habite Seguro”: Nelson Almeida comemora inclusão de GCMs em programa de casa própria

NelsonAlmeida 28.06.2021 discurso“É uma vitória para todos”, comemorou Nelson Almeida, sobre inclusão de GCMs no programa Habite SeguroAutor da Moção de Apelo que apoia a inclusão dos guardas civis municipais (GCMs) no programa Habite Seguro, do Governo Federal, o vereador Nelson Almeida (Solidariedade) comentou a iniciativa. Em discurso na sessão da Câmara da última segunda-feira (28), mesma data em que a Moção foi aprovada pelo Plenário, o parlamentar anunciou que a demanda - que teve origem no movimento dos “Guardas Municipais Vereadores” - será atendida pelo Palácio do Planalto. “A boa notícia é que o presidente [Jair Bolsonaro] já anunciou, em rede nacional, que vai incluir os guardas municipais nesse programa. É uma vitória para todos”, comemorou ele, no pronunciamento.

Segundo o Governo Federal, o programa visa “possibilitar que os agentes de segurança possam realizar a aquisição do primeiro imóvel com as menores taxas de juros do mercado, além de [obter] subvenções financeiras do Governo Federal, com condições diferenciadas de crédito imobiliário para aquisição ou construção de imóvel”. Na página do “Habite Seguro” na internet, o governo de fato já informa a inclusão dos guardas municipais dentre as categorias que serão contempladas - benefício que se estende a policiais, peritos, papiloscopistas e agentes penitenciários. Segundo órgãos da imprensa, a proposta deve ser enviada ao Congresso Nacional, através de uma Medida Provisória. 

VACINAÇÃO

Nelson comentou a terceira edição do “Dia D” de vacinação contra a Covid-19, realizada no último sábado (26) pela prefeitura, na qual cerca de três mil pessoas foram imunizadas. Ele parabenizou o prefeito Edivaldo Brischi (PTB), a primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Econômico e Social, Elaine Ravin Brischi, o secretário de Saúde, Silvio Corsini, a diretora de Saúde Fernanda Brischi; além das equipes da Vigilância Sanitária e da GCM, voluntários, e os vereadores Vitor Gabriel (PSDB), Atran (MDB) e Andrea Garcia (PTB) - que, assim como ele, estiveram presentes.