Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > > Comunicação > > Notas Oficiais > > Ceará defende o endurecimento de normas que proíbem aglomerações na pandemia, visando coibir festas em chácaras
Início do conteúdo da página

Ceará defende o endurecimento de normas que proíbem aglomerações na pandemia, visando coibir festas em chácaras

CearáMascate 13.07.2020Na sessão, Ceará disse que tem constatado situações de “desacato às leis”, como nas festas promovidas em chácaras da cidade15/07/2020 - O vereador Ceará Mascate (Republicanos) fez um apelo ao Poder Executivo, para que promova o endurecimento das normas que proíbem a  aglomeração de pessoas durante a pandemia do novo coronavírus. Em discurso na sessão deliberativa remota da última segunda-feira (13), o parlamentar citou quem tem constatado, frequentemente, situações de “desacato às leis”, como nas festas promovidas em chácaras da cidade. 

No pronunciamento, disponível na íntegra neste link, Ceará afirmou que a prefeitura deveria “pegar mais pesado” - e,  inclusive, lacrar (interditar) as chácaras que têm promovido festas, durante esse período, onde é recomendado o distanciamento social. Segundo ele, diversos destes estabelecimentos, em todo o município, têm sido alugados nesse período, levando à aglomeração de pessoas. “Ninguém está levando a sério [as regras]”, lamentou.

O parlamentar citou, inclusive, que soube de casos de pessoas que fizeram ameaças àqueles que pretendiam denunciar as aglomerações. E salientou que o endurecimento das regras, inclusive com a proibição de que chácaras funcionem nesse período, tal qual ocorre com comércios e lojas, seria benéfico. “Toda população ganharia com isso”, afirmou, destacando que no seu bairro, o São Clemente, praticamente todas as chácaras estavam alugadas, no último final de semana.

“GCM NÃO DÁ CONTA”

Ceará afirmou que, devido ao grande número de casos, a Guarda Civil Municipal não estaria “dando conta” de atender a todas os chamados relativos a aglomeração de pessoas em chácaras no município. Para ele, o endurecimento das normas, inclusive com a interdição dos espaços e a aplicação de multas, poderia surtir efeito, já que “doeria no bolso” dos proprietários. O parlamentar ainda destacou que Monte Mor, uma cidade pacata, vem sofrendo com a ampliação do número de casos da Covid-19, tendo em vista o desrespeito às normas de segurança. “Muita gente pode me criticar. Mas [o endurecimento das regras] é o melhor para todos”.

Fim do conteúdo da página