Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > > Comunicação > > Notas Oficiais > > Para Marcos da Farmácia, críticos da reforma da Previdência municipal fazem “politicagem” e desconhecem a lei
Início do conteúdo da página

Para Marcos da Farmácia, críticos da reforma da Previdência municipal fazem “politicagem” e desconhecem a lei

MarcosGiati 22.06.2020Pessoas voltaram a “atacar os vereadores” após a aprovação do PLC 3/2020, disse Marcos25/06/2020 - O vereador Marcos da Farmácia (PSL) considera que a maioria das pessoas que critica as mudanças na Previdência municipal, aprovadas na semana passada, desconhecem a legislação. A declaração foi emitida na sessão deliberativa remota desta segunda-feira (22)

No pronunciamento, disponível na íntegra neste link, Marcos afirmou que, pelas redes sociais, pessoas voltaram a “atacar os vereadores”, após a aprovação do PLC 3/2020. A norma realizou mudanças na Previdência, como o aumento da alíquota de contribuição devida pelos segurados.

Para Marcos, a “grande maioria” desses críticos sequer leu a legislação, e desconhece que, caso a norma não fosse aprovada, prejuízos diversos seriam ocasionados -  já que, segundo ele, trata-se de uma exigência de adaptação à lei federal.

Segundo o vereador, pessoas que “querem cargos públicos” realizam tais críticas, nas proximidades das eleições. O vereador também afirmou que, além dos adversários políticos - aos quais chamou de “fogo inimigo” - existe ainda o “fogo amigo”.

“O maior problema nosso, essa semana, é o fogo amigo”, salientou, destacando que tais pessoas fizeram “politicagem” ao abordar o assunto. “Nós temos 20 cidades na Região Metropolitana de Campinas. Qual cidade votou contra? Eu pergunto a vocês”, salientou. 

COVID-19

A pandemia do novo coronavírus voltou a ser abordada. Marcos afirmou que, em mais uma semana, os funcionários da prefeitura vêm se desdobrando no combate à doença. E agradeceu ao prefeito, à secretaria de saúde e às equipes do Hospital Sagrado Coração de Jesus, pelo trabalho. 

O vereador lamentou que, mesmo com o aumento dos casos, pessoas estejam saindo sem máscaras e promovendo aglomerações. E deixou pêsames aos familiares das vítimas da Covid, como o servidor da prefeitura Gilberto Florio e do agente penitenciário Osmar Zeneratto.

 
Fim do conteúdo da página