Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > > Comunicação > > Notas Oficiais > > Após levantamento das obras paralisadas, Bispo solicita que a prefeitura informe, por escrito, o motivo dos atrasos
Início do conteúdo da página

Após levantamento das obras paralisadas, Bispo solicita que a prefeitura informe, por escrito, o motivo dos atrasos

EduardoBispo 29.04.2019 02Bispo pediu o apoio dos demais parlamentares, para assinarem ofício que pedirá explicações ao Executivo02/05/2019 - O vereador Eduardo Bispo (PSDB) fez levantamento recente, das datas de início e de previsão de término de obras que estão atualmente paralisadas, no município. Em discurso no plenário, na segunda-feira (29), o parlamentar defendeu que a prefeitura atenda aos princípios da lei federal 15257/2011, conhecida como Lei da Transparência, e informe o motivo dos atrasos. “A população tem o direito de saber por que essas obras não foram concluídas”, salientou.

“Muitos falam que a culpa é das empresas, que a culpa é das chuvas. E não [se] justifica por escrito o que realmente está acontecendo. Fica difícil para nós, vereadores, explicarmos para a sociedade, para a população, o real problema”, afirmou o vereador, no pronunciamento, defendendo “que o senhor prefeito mande aqui para esta Casa a justificativa, por escrito, descrevendo o porquê destas obras ainda estarem paradas”.

Bispo destacou que a situação traz prejuízos diversos à população. “Conforme já mencionei anteriormente, essas obras continuam paradas até hoje. A população está precisando dos serviços, e não entende a real causa de tanto descaso que está acontecendo”, salientou, citando especificamente o atraso da creche do Quinhões do Boa Esperança (que prejudica mães, que não têm onde deixar os filhos) e do asfalto do Paviotti II (onde as ruas estão intransitáveis).

O vereador pediu o apoio dos demais parlamentares da Câmara, para assinarem, conjuntamente, ofício que pedirá explicações ao Poder Executivo. O documento pretende apurar “de quem é realmente a culpa: se é da empresa, se é da prefeitura. Não quero procurar culpados, e sim solução, para quem está sofrendo e precisa dessas obras concluídas”, salientou o vereador, ressaltando que a resposta por escrito permitiria uma cobrança efetiva, dos responsáveis.

AS OBRAS

No levantamento, Bispo colheu os dados dispostos em placas de diversas obras do município (não conseguiu as informações sobre a creche do Quinhões do Boa Esperança - onde, segundo ele, não há placa de identificação). Nos demais casos, os dados apurados foram: asfalto das Chácaras Quinhões (início em 28/06/17 e previsão de término em 28/02/18); posto de saúde do Jardim Moreira (início em 26/02/18 e previsão de término em 26/10/18); área de lazer do Sam Remo (28/06/17; 28/10/17); prédio da UPA do Jardim Paulista (22/06/14; 22/12/15); quadra da escola Edson, também no Paulista (05/05/14; 05/09/14); área de lazer Bela Vista (06/02/17; 06/06/17); e asfalto do Jardim Paviotti II (28/06/17; 28/02/18).

OUTROS ASSUNTOS

No pronunciamento, o parlamentar também afirmou que visitou a ONG Novo Dia, na semana passada. Elogiou os serviços prestados pela entidade; parabenizou a equipe que atua no local; e solicitou que a prefeitura disponibilize transporte gratuito para os jovens que são atendidos pelos projetos. A ONG desenvolve oficinas de capacitação profissional, visando à inserção no mercado de trabalho. “Muitos deles já estão trabalhando”, destacou.

O vereador também comentou a importância de se reforçar a segurança no ambiente escolar. Sugeriu, ainda, projetos que visem garantir um diálogo permanente com os jovens, visando conhecer as suas carências e dificuldades - muitas vezes ocasionadas por depressão e angústia. Bispo também disse que ouviu, de jovens, relatos de que automutilações são frequentes, na adolescência. “Nós, do Poder Público, temos que abrir o olho e abraçar e ajudar essa juventude”.

Fim do conteúdo da página