Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > > Comunicação > > Notas Oficiais > > Bispo sugere implantação de “botão do pânico”, visando garantir mais segurança para alunos e servidores da educação
Início do conteúdo da página

Bispo sugere implantação de “botão do pânico”, visando garantir mais segurança para alunos e servidores da educação

EduardoBispo 08.04.2019No discurso, Bispo citou os casos de ataques a instituições de ensino já ocorridos no Brasil, como o de Suzano11/04/2019 - O vereador Eduardo Bispo (PSDB) sugere que o município adote um “botão de alerta e pânico”, visando interligar as escolas do município à base da Guarda Civil Municipal (GCM). A iniciativa, que pretende garantir mais segurança para alunos e servidores da educação, foi comentada pelo parlamentar, em discurso no plenário, na última segunda-feira (8).

Segundo Bispo, a cidade de Capivari adotou recentemente a medida, a partir da implantação de um aplicativo, desenvolvido por uma empresa de informática. Em indicação protocolada na Câmara, o vereador sugere que o prefeito Thiago Assis (MDB) e os secretários Marli Brischi (Educação) e Adelício Paranhos (Segurança Pública) viabilizem a adoção da medida em Monte Mor.

O objetivo, destacou o vereador, no discurso, seria “proporcionar mais segurança e agilidade no atendimento às escolas”. “É uma excelente ideia, para ser implantada também na nossa cidade”, disse. No pronunciamento, Bispo citou os casos de ataques a instituições de ensino já ocorridos no Brasil, como o de Suzano (SP) e de Realengo, no Rio de Janeiro.

“Temos que pensar e melhorar ainda mais a segurança pública do nosso município”, salientou.  Parlamentar também leu trecho de uma notícia divulgada no Jornal da Cidade Regional, de Capivari - que informa que as ocorrências, naquela cidade, serão classificadas de acordo com as urgência e os atendimentos levariam seis segundos. “É um projeto de extrema necessidade”.

BANHEIROS PÚBLICOS

Bispo também solicitou a manutenção dos banheiros públicos localizados na praça da Igreja Matriz. E disse que visitou o local, recentemente, após receber reclamações de moradores. “Os banheiros estão horríveis. Não tem como serem utilizados”, disse, fazendo apelo às autoridades competentes. De acordo com o parlamentar, será feita uma indicação com o pedido e, em caso de não atendimento, será protocolado um requerimento sobre o assunto.

LIXO

No pronunciamento, o vereador também mencionou o descarte irregular de lixo e entulho, constantemente verificado em alguns pontos da cidade. E sugeriu que, além da limpeza, a prefeitura adote medidas alternativas - como a instalação de placas indicando a proibição de jogar lixo, além do plantio de mudas de árvores nestes espaços. Para Bispo, é necessário realizar “outras atividades, após a limpeza, para inibir o descarte irregular de lixo”.

HOMENAGEM

Bispo também parabenizou a ativista ambiental e servidora pública municipal aposentada Cristina de Fátima Mechi Elias, que estava presente no plenário para receber moção de agradecimentos pelos serviços prestados ao município. Parabenizou, ainda, o presidente da ONG Pingo D’Água e marido de Cristina,  Marco Antonio Elias. O vereador lembrou que, nos últimos anos, a ONG vem realizando importantes trabalhos de preservação ambiental na cidade.   
Fim do conteúdo da página