Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > > Comunicação > > Notas Oficiais > > Integrante do “Escola da Família”, Ceará Mascate ressalta importância do voluntariado para a formação da cidadania
Início do conteúdo da página

Integrante do “Escola da Família”, Ceará Mascate ressalta importância do voluntariado para a formação da cidadania

CearáMascate 03.12.2018Ceará Mascate, sobre voluntariado: "é aí que se modificam os cidadãos, onde se constrói uma cidadania de verdade”06/12/2018 - O vereador Ceará Mascate (PPS) comemorou, na última segunda-feira (3), a obtenção do “Certificado de Voluntário” do Programa Escola da Família. Em discurso no plenário da Câmara, durante a sessão ordinária, o parlamentar exibiu o diploma.

“É um trabalho que a gente desenvolve ao longo do tempo, como voluntário, e colhendo frutos. A gente tem que ter compromisso com o social também”, comentou o vereador, agradecendo à Escola Estadual Governador Mário Covas, no Jardim São Clemente, pela concessão do título.

Ceará também agradeceu aos demais voluntários e professores do programa. “Ser voluntário, ajudar com sua mão-de-obra, com seu conhecimento, sua experiência de vida, é muito importante. Pois é aí que se modificam os cidadãos, onde se constrói uma cidadania de verdade”.

“O vereador é do povo, é da Casa. Mas, independente disso, há uma pessoa por trás do vereador, um ser humano, um cidadão, que também presta serviço social”, disse Ceará, afirmando que o certificado “é um reconhecimento pelo trabalho que a gente desenvolve, um trabalho sério”.

Segundo a Fundação Para o Desenvolvimento da Educação (FDE), o Escola da Família é  “um espaço para o exercício da cidadania e uma possibilidade para a ampliação de horizontes culturais das comunidades. Por isso, tem o voluntariado como um de seus pilares”.

INAUGURAÇÕES

No pronunciamento, o parlamentar também comemorou as inaugurações das Unidades de Saúde da Família (USF) “Dr. Higor César Ramos Camargo/Celestino Leite Guedes”, no Jardim Nossa Senhora de Fátima, e “Maria José Paviotti”, no São Clemente. E destacou que o pedido de instalação de um posto de saúde, no São Clemente, ocorre há cerca de 13 anos, quando ele se mudou para o bairro. “É um trabalho que a gente desenvolve ao longo do tempo”, finalizou.  

Fim do conteúdo da página