Na Rádio Prima, Zé Fernandes defende tom conciliatório e mandato não focado em “questões partidárias”

Mídia